fbpx
O que você procura?
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt

Visite quatro templos budistas em Embu das Artes

Sair da rotina e passar um tempo longe do estresse é fundamental para uma vida de qualidade e equilíbrio. Para isso, se faz necessário o afastamento dos centros urbanos e a procura por lugares mais calmos e apaziguadores. É o caso de visitar um templo budista. Para que você conheça as melhores opções de templos budistas aqui na região, nós do embudasartes.net selecionamos quatro templos budistas em Embu das Artes maravilhosos. Confira:

Templos Budistas em Embu das Artes

Aqui em Embu das Artes nós temos um tempo budista que faz divisa com Cotia, é o Odsal Ling. Fora esse, nós temos mais duas opções em Cotia e outra em Itapecerica da Serra. Todos os locais são próximos de São Paulo e também muito próximos de Embu das Artes. Veja os detalhes a seguir!

  • Templo Odsal Ling

Assim como os outros templos, o Odsal Ling encanta por sua beleza. Não tem quem passe por lá e não se sinta em paz e com o coração mais leve.

Horários das práticas

Endereço: R. dos Agrimensores, 1461,Cotia, SP – Brasil
CEP 06715-580
Tel.: (11) 4703-4099/ (11) 3885-3945
Site: http://www.odsalling.org/

  • Templo Zu Lai

O Templo Zu Lai é um dos Templos da Ordem Fo Guang Shan fundada pelo Venerável Mestre Hsing Yün, cuja sede central está situada no condado de Kaohsiung, Taiwan. Fo Guang Shan é o maior mosteiro budista e também uma das maiores organizações filantrópicas de Taiwan. Atualmente, é considerado o maior santuário budista da América Latina.

O templo foi inaugurado em 5 de outubro de 2003 está localizado na cidade de Cotia, com acesso pela Rodovia Raposo Tavares no km 28.
Além de oferecer dicas sobre meditação, o centro budista ainda possui cursos e atividades diversas, que podem ser conferidas no site.

Horário de funcionamento e serviços

Aberto à visitação:

Terça-feira à sexta-feira: das 12h às 17h.
Sábados, domingos e feriados: das 9h às 17h.
Segundas-feiras: sempre fechado (mesmo se feriado).

Práticas públicas gratuitas aos domingos:

  • 9h30- Prática de Meditação em Movimento ( atividade fixa, inspirada no Tai Chi)
  • 10h- Cerimônia ( atividade fixa, vide no botão ATIVIDADES a agenda do ano)
  • 14h- Palestra ( atividade eventual, vide no botão ATIVIDADES a agenda)
  • 15h- Meditação ( atividade fixa, com fundamentos básicos)Caso tenha interesse em cursos e outros eventos, favor consultar o botão CURSOS  e ATIVIDADES.
  • A entrada e o estacionamento são gratuitos.
  • O Templo não dispõe de máquina de cartões (crédito/débito), pagamentos só podem ser feitos em dinheiro ou cheque.

Serviço:

Estrada Fernando Nobre, 1461.
(Acesso pelo Km 28,5 da Rodovia Raposo Tavares)
Telefone: (11) 3500-3600
zulai@templozulai.org.br
  • Centro Budista Jardim do Dharma

Jardim do Dharma é o nome em português do centro fundado em 1993 pelo Ven. Lama Trinle Drubpa e pelo Prof. Roque Enrique Severino (Naljorpa Karma Zopa Norbu), representando as Gloriosas Linhagens Karma Kagyu e Shangpa Kagyu do Budismo dos Himalaias.

Este lugar é chamado de “Terra Sagrada de Buda” porque aqui foi construída a Primeira Grande Estupa Dharmakaya de América Latina e mais 9 estupas que contém as relíquias do próprio Sidarta Gautama o Buda e o 28º Patriarca Bodhidharma. Além de outras relíquias de vários Karmapas e os Mestres como Bokar Tulku Rimpoche, Dilgo Kyentse Rimpoche entre outros.

Dentro do altar principal do templo ainda está em formato de livros todo o ensinamento de Buda que em tibetano se chama Kangyur e todos os comentários dos grandes Mestres chamado de Tengyur.

O templo possui diversas atividades e ensinamentos que podem ser acessados via site. O site do local ainda oferece uma agenda das datas com eventos em destaque.

Serviço:

Endereço: Final da Rua, R. Gabirobas, 316 – Jardim das Cerejeiras, Cotia
Tel: (11) 3884-8943
Site: http://www.jardimdharma.org.br/ 

  • Kinkaku-ji do Brasil 

O Kinkaku-ji do Brasil é uma réplica do templo Kinkaku-ji japonês de mesmo nome construído no século XIV. Assim como seu modelo, o Kinkaku-ji é entornado por um lago povoado por carpas coloridas. Para chegar ao templo é preciso fazer uma trilha.
O templo se situa dentro do Parque Turístico Nacional Vale dos Templos, em Itapecerica da Serra, e se beneficia da natureza da Mata Atlântica por ter sido erguido no meio de uma reserva preservada da Mata. Com uma área de cerca de 190.000 m², o Kinkaku-ji traz contato direto com as plantas, o ar puro e o barulho da água nas pedras.
A entrada ao templo não é gratuita como nos outros locais citados acima, custa R$ 5,00 por pessoa. Crianças menores de 10 anos e idosos acima de 65 são isentos.
Uma dica que damos é que o local não dispõe de lanchonetes, por isso leve seu lanchinho!

Templo Enjoki

Em 2001 foi inaugurado o “Enkoji” (Templo do Círculo Luminoso), um templo zen-budista nas vizinhanças do Kinkaku-ji, fundado pelo Reverendo Tensho Ohata, o que tornou mais definido o caráter ecumênico do Kinkaku-ji do Brasil.

Um atrativo turístico no Enkoji é que ele promove todo domingo a prática de meditação e orientação sobre ensinamentos budistas, dando assistência a quem queira iniciar essa prática. A participação é gratuita e aberta a todos.

Serviço:

Horário de funcionamento: 9h às 17h
Telefone: (11) 4666-4895
Localização: Rua Camarão, 220/330, Chácara Palmeiras, Itapecerica da Serra, SP

Curtiu as nossas dicas? Não deixe de compartilhar no Facebook!

Comentários

Posts relacionados